Instale nosso app na tela do seu celular


Participe do nosso grupo no
WhatsApp
Japeri
Japeri
Japeri
Japeri



  • Volta às Aulas em Japeri


    Os alunos das escolas particulares de Japeri já estão contanto as horas para o retorno ao convívio escolar, mas de uma forma diferente.

    O decreto do Governo Estadual definiu que na bandeira laranja, estágio em que Japeri se econtra hoje, 35% da capacidade das salas poderão ter aulas presenciais. Dessa forma, as escolas da cidade já estão confirmando seus retornos, é o caso do Triunfo Ágape, Educandário Monte Moriá e o Colégio Bonfim.

    A reportagem do Japeri Online pesquisou, em 30/1, nas redes sociais das escolas de Japeri e encotrou a seguinte situação em relação ao retorno das aulas:

    Centro Educacional Carvalho Braga – não informa.

    Triunfo Ágape – informa que o retoro híbrido será no dia 3 de fevereiro.

    CNEC – não informa.

    Educandário Monte Moriá – informa que o retoro híbrido será no dia 1 de fevereiro.

    Colégio Bonfim – informa que o retoro híbrido será no dia 1 de fevereiro

    E as escolas públicas?

    Município de Japeri

    A Prefeitura de Japeri publicou em suas redes sociais informando que houve uma reunião com os gestores para discutir as demandas de casa escola, mas não há nenhuma informação sobre o início das aulas.

    Em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura, foi informado que uma reunião sobre o início das aulas acontecerá nesta segunda (1).

    Estado do Rio

    Já nas escolas estaduais, as aulas também serão híbridas e iniciam em 8 de fevereiro. Em fevereiro, os alunos serão avaliados e acolhidos por cada instituição e em março as aulas iniciam remotamente para os alunos que tiverem acesso aos equipementos de conexão e os que não têm acesso a nenhum dispositivo, poderão assistir as aulas nas instituições em horários pré-definidos por cada colégio. Essas informações foram dadas pelo Secretário de Educação do Estado do Rio ao RJ1.

    Sistema de bandeiras

    Todas as sextas, serão publicados no site do governo estadual o sistema de bandeiras com as informações sobre a evolução do contágio em cada região, caso a região metropolitada mude de cor, as aulas híbridas podem ser suspensas e passando somente para remota, durante aquele período.