Instale nosso app na tela do seu celular


Participe do nosso grupo no
WhatsApp
Japeri
Japeri
Japeri
Japeri



Prefeitura publica decreto em combate ao Covid-19


Em meio ao aumento de casos de Covid-19 no município, a Prefeitura de Japeri irá adotar algumas medidas para prevenir uma nova onda da doença na cidade. Confira as determinações.

Atendimento ao público, consultas médicas e atividades com aglomeração de pessoas estão suspensos. Município não registra casos da Ômicron

Em meio ao aumento de casos de Covid-19 no município, a Prefeitura de Japeri irá adotar algumas medidas para prevenir uma nova onda da doença na cidade. A gestão determina por meio de decreto municipal que a partir desta sexta-feira (14) a Unidade Mista de Engenheiro Pedreira e o Posto de Saúde Japeri Centro estão com as consultas médicas suspensas até o dia 31 deste mês. Os profissionais serão alocados nos Centros de Triagem onde atuarão no combate ao vírus e as consultas serão reagendadas.

O documento determina a suspensão do atendimento presencial ao público nos órgãos da administração pública municipal direta e indireta, a limitação de 70% do público em alguns locais, proibição da realização de eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas, inclusive do Carnaval (ainda que previamente autorizada), pelo prazo de 15 dias. É recomendado à população que não realize ou permaneça em aglomerações nos espaços públicos, sendo permitido apenas o deslocamento.

No texto é definido o limite de 70% de ocupação de qualquer atividade comercial, como: mercados, restaurantes, mercearias, sacolões, peixarias, açougues, lanchonetes, padarias, loja de material de construção, confeitarias, salões de beleza, barbearia, bares, feiras livres e de artesanatos, academias de ginástica, entre outras atividades. Além disso, é obrigatório a demarcação de dois metros entre as pessoas que acessam os estabelecimentos comerciais.

Já os cultos poderão ser realizados, desde que haja limitação de público a 70% da sua capacidade de lotação, evitando a aglomeração de pessoas. Além disso, o uso de máscara, inclusive ao ar livre, e o distanciamento social continuam sendo obrigatórios na cidade. “Pedimos que todos os moradores colaborem para prevenir que Japeri tenha um novo surto da doença. É importante que todos se cuidem e completem o esquema vacinal contra a Covid-19”, alertou a Prefeita, Drª Fernanda Ontiveros.

Além dessas regras, o comprovante de vacinação contra a Covid-19 é obrigatório para acessar e permanecer em espaços que comportem aglomeração e circulação de pessoas, como academias de ginástica, atividades de entretenimento, conferências, convenções e feiras comerciais. Para comprovar, é necessário apresentar o certificado digital como o Conecte SUS ou a caderneta de vacinação.

MEDIDAS PARA SERVIDORES PÚBLICOS

Seguindo as orientações propostas pelo Ministério da Saúde, qualquer servidor ou empregado público que apresentar febre, tosse seca, dor de garganta, dificuldade para respirar, entre outros sintomas respiratórios, deverá realizar o teste para verificação da presença do vírus. Em caso do resultado positivo, o agente público deverá permanecer em isolamento domiciliar pelo período determinado pelo médico.

Atualmente, não há casos de Ômicron. “Nossos exames são encaminhados para o laboratório da Fundação Oswaldo Cruz. Caso algum resultado dê positivo para a nova variante, somos informados imediatamente pela equipe”, explicou a secretária de Saúde, Ana Luiza Affonso.

ATENDIMENTO PARA SÍNDROME GRIPAL

Para melhor atender a população japeriense, a gestão municipal conta com dois Centros de Triagem, sendo um em Japeri e o outro em Engenheiro Pedreira, além de uma ala exclusiva para internação no anexo da Policlínica Itália Franco. Os Centros, que funcionam de segunda a sexta-feira, oferecem atendimento médico, exames e vacina contra a Covid-19.

Os moradores que apresentarem sintomas como febre, dor de garganta, nariz entupido, espirro, entre outros, podem procurar um dos Centros de Triagem, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, com identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Vale ressaltar que os pacientes só devem se dirigir a Policlínica Itália Franco somente em caso de emergência.

Moradores e trabalhadores da cidade com 12 anos ou mais que ainda não se vacinaram contra a Covid-19 podem procurar uma das sete unidades de saúde, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, e garantir a imunização. 

Fonte: Prefeitura