Igreja mostra que a mudança depende de nós




Igreja mostra que a mudança depende de nós


Por Redação

Na madrugada de sexta para sábado os moradores de Engenheiro Pedreira que saíram de manhã para seus trabalhos se depararam com uma cena muito inusitada: uma cidade enfeitada de amor e paz!

Esse foi o sentimento das pessoas que viram as ruas, a praça e a passarela enfeitadas com corações e logo as cenas ganharam as rede sociais.

“Nós somos a mudança que desejamos ver.” Igreja Revolução da Fé

A inciativa foi da Igreja Revolução da Fé que fica localizada na Av. Tancredo Neves, no Mucajá e se não comoveu quem presenciou, pelo menos deixou o dia daquelas pessoas mais alegre e reflexivo.

A reportagem do JOL entrou em contato com a igreja através de seu perfil no Facebook para uma entrevista.

JOL – De onde partiu a iniciativa de enfeitar a praça Olavo Bilac e as ruas da cidade?
Igreja – A iniciativa partiu da igreja como um todo, através de um desejo que Deus colocou em nossos corações, que é de ver mais amor em Engenheiro Pedreira.

JOL – Como foi realizada essa decoração?

Igreja – Começamos a preparar os balões às 22h e os membros da igreja começaram a colocar nas ruas de 1h da madrugada até 5h da manhã.

JOL – O que motivou essa ação tão simples e ao mesmo tempo impactante?

Igreja – Devido a tantas mortes e violência no município, algumas pessoas já haviam perdido a esperança. Mas cremos que a mudança não deve partir somente dos políticos e sim do povo também. Nós somos a mudança que desejamos ver.

JOL – E como vocês avaliam a reação das pessoas?

Igreja – Quanto a reação das pessoas, ficamos maravilhados, pois as pessoas entenderam a mensagem que queríamos passar, e com isso conseguimos criar uma esperança no coração dessas pessoas.

Essa ação ensinou dentre várias lições que ainda há esperança e que se a população de Japeri quiser, um dia o município voltará a ser aquele conhecido não pela violência, mas sim pela qualidade de vida que outrora viam-se crianças brincando com segurança nas ruas e moradores do Rio passando fins de semana em sítios da cidade.

O JOL parabeniza e apoia essa iniciativa e outras que agora virão!

image

image

image

image

image

image