Instale nosso app na tela do seu celular


Participe do nosso grupo no
WhatsApp
Japeri
Japeri
Japeri
Japeri



  • Governo Fernanda começa com polêmica e repercute negativamente na imprensa


    O início da noite de ontem (5), pegou toda a população de Japeri de surpresa com a matéria de aproximadamente de 5 minutos repercutindo a nomeação dos secretários municipais.

    A reportagem mostrou os superpoderes do secretário Francisco Nacélio que além de ser oficialmente o secretário de governo, acumula interinamente outras pastas.

    Em resposta ao repórter da Globo, Nacélio disse que sabe o sofrimento do povo e isso já o habilita a ser secretário interino de Saúde, Meio Ambiente, por exemplo.

    A reportagem mostrou também a nomeação da irmã da prefeita como secretaria de Educação da cidade.

    Além disso, a reportagem mostrou o casal Dória que assumiu a procuradoria e a Previ-Japeri.

    Outra polêmica da reportagem foi a nomeação de Rogério Santana da Silva que foi denunciado pelo Ministério Público em 2018 por envolvimento em um esquema de desvio de R$ 4 milhões em verbas federais que foram usadas para o pagamento de servidores.

    E a última das polêmicas foi a nomeação de Jorge Dantas que segundo a reportagem, é formado em técnico em contabilidade e assumirá a pasta de Segurança Pública.

    Fernanda Ontiveros não quis falar com a reportagem da Globo para rebater a reportagem. Aos olhos da população, a atitude da prefeita foi muito negativa, pois ela foi eleita com o lema NOVOS RUMOS e RENOVAÇÃO, mas o que se viu, como disse a reportagem, as velhas práticas estão valendo.

    Nas redes sociais, eleitores da prefeita se mostraram decepcionados com as acusações que mancham o que era até então a esperança de um futuro diferente para a cidade de Japeri.

    O que Japeri espera que aconteça?

    O povo está cansado de tanta notícia ruim e de falta de respeito. A população espera uma live para explicar o que a prefeita deseja com as suas escolhas.

    Jorge Dantas mostra sua qualificação

    Mencionado na reportagem como apenas Técnico em Contabilidade, o secretário publicou em suas redes sociais sua carteira funcional. Jorge é guarda portuário, inclusive com porte de arma.