Instale nosso app na tela do seu celular


Participe do nosso grupo no
WhatsApp
Japeri
Japeri
Japeri
Japeri



  • Ex-atleta do Nova Aliança brilha Fluminense Feminino


    Rayla Santana, começou na equipe japeriense e passou por Foz Cataratas e Duque de Caxias

     

    A mamãe Rayla Santana é um dos destaques do Fluminense Feminino na Série A2. Com apenas 21 anos, a atacante tem uma filhinha que de três anos apenas. Apesar das responsabilidades com sua família, Rayla mantém o sonho de jogar futebol e dar um futuro de qualidade para sua filha.

    A atleta começou no projeto social Ternium, onde começou a jogar, mas foi no Nova Aliança de Japeri que a jogadora teve suas oportunidades no futebol, e não as deixou escapar. Rayla passou pelo tradicional Duque de Caxias e também pelo Foz Cataratas, time por onde a volante Jenifer Alves também atuou.

    Após boas participações na equipe paranaense, o Fluminense apostou no talento de Rayla e a contratou para o projeto de acesso para a Série A1, a primeira divisão do futebol feminino.

    Mas nem tudo foram flores na trajetória de Rayla, em uma entrevista para o site do Fluminense, a jovem atleta falou sobre o momento de maior dificuldade que já enfrentou por conta da carreira.

    “Fui viajar e fiquei longe da minha filha, e durante esse período ela teve um problema de saúde em que eu não tinha como ajudar, nem financeiramente porque meu salário estava atrasando. Isso para mim foi uma das coisas mais difíceis no esporte, eu estava no Foz do Iguaçu. Ela ficou com minha irmã e eu chorava querendo vir embora, mas minha irmã falava pra eu ficar porque ia passar, que era só uma fase, aí eu continuei. Depois que eu tive a minha filha comecei a enxergar as coisas de outra forma, tive mais maturidade”.

    Na estreia do Fluminense no Brasileiro A2, Rayla marcou o seu gol na vitória de 8 x 3 contra o Vila Nova-ES.