Detro suspende empresa de ônibus após denúncias de usuários




Detro suspende empresa de ônibus após denúncias de usuários


Por Redação

Conforme determinação do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) publicada nesta quinta-feira (30/03), no Diário Oficial, a Expresso Cruzeiro do Sul teve declarada caducidade de duas linhas que ligam a Barra da Tijuca aos municípios de São João de Meriti, Mesquita e Nilópolis. A decisão visa garantir o pleno atendimento aos usuários das linhas operadas pela empresa, considerando a regularidade, qualidade, continuidade e segurança do serviço.

A partir do próximo sábado, 04 de abril, o itinerário 410T São João de Meriti – Barra da Tijuca passa a ser operada, em caráter emergencial, pela Transportes Flores e a linha 420T Nilópolis – Barra da Tijuca (via Mesquita) pela Cavalcanti & Cia (Nilopolitana).

A decisão foi motivada pelo grande número de reclamações registradas na Ouvidoria do Detro e pelo não cumprimento das cláusulas contratuais. Apesar do prazo dado pela autarquia, a Expresso Cruzeiro do Sul não regularizou suas pendências em relação à prestação do serviço, em especial descumprimento de horários, mau estado de conservação da frota e falta de ônibus, além de não comprovar regularidade trabalhista, fiscal e previdenciária. Diante disso, foi declarada a caducidade, extinguindo a concessão.