Alunos da rede pública vão receber para estudar. Saiba quem terá direito




Alunos da rede pública vão receber para estudar. Saiba quem terá direito


Por Redação

Foto: Seduc

O presidente Lula sancionou a lei que está sendo chamada de PÉ DE MEIA que garante uma bolsa mensal e anual para alunos que estajam cursando o Ensino Médio na rede pública.

A Educação é a porta de entrada para salários melhores e uma melhor qualidade de vida. Esta lei é importante para estimular a juventude a continuar os estudos. Hoje, as estatísticas mostram que os jovens em idade escolar abandonam ou não frequentam os colégios de Ensino Médio.

Quem tem direito?

Para receber a bolsa que, segundo o MEC, começará a ser paga em março deste ano, o estudante precisa ser baixa-renda, estar matriculado e frequentando as aulas e a família estar inscrito no CadÚnico.

Outro requisito é o aluno participar de todas as avaliações promovidas pela Secretaria de Educação, como o SAEB.

No texto da lei, estipulava-se uma frequência de 80%, mas este trecho foi vetado pelo presidente Lula.

Quanto será pago?

No texto inicial, cada estudante apto receberia R$ 200 que poderia ser sacado mensalmente por meio de uma conta em nome do jovem. Além disso, R$ 1000 por ano que seria sacado após a conclusão do Ensino Médio.

Apesar dos valores divulgados inicialmente, o Governo ainda não definiu o valor que será pago.

Um extra

Outra novidade é um valor extra para os alunos que fizerem o Enem.

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou que em breve o Governo Federal vai divulgar todos os detalhes do programa.