Japeri
Participe do nosso grupo no
WhatsApp
Japeri
Japeri
Japeri
Japeri

Oferecimento:












  • Prefeita publica NOTA OFICIAL explicando matéria da Globo


    *NOTA OFICIAL*

    Finalizo meu terceiro dia de trabalho na Prefeitura de Japeri convicta de que estamos no caminho certo. Reafirmo à população japeriense o compromisso firmado na campanha em relação a reunir um secretariado técnico e, principalmente, comprometido com a nossa cidade.
    Ontem à tarde fui surpreendida com uma equipe de reportagem na porta da prefeitura. Como, no momento, estava em reunião tratando de assuntos importantes para o futuro da cidade, não pude atender o jornalista de imediato. Após, soube que a pauta era sobre o secretariado escolhido. Para responder a todos que ainda têm dúvidas, vamos aos fatos:

    Primeiramente, muito me estranha saber que, apenas em três dias de governo, exista uma cobrança que nunca se viu nos governos anteriores. Será que deve-se ao fato de ter eu sido a primeira mulher eleita na história da cidade e, principalmente, sem apadrinhamento político, contra todas as forças que imperam no município ao longo dos anos? Fui eleita com a força do povo e só a eles e a Deus devo minha conquista, baseada na esperança de uma Japeri bem melhor para se viver. Sou mulher guerreira, de fibra e convicta da minha missão, e por isso não me prostrarei diante de ataques infundados.

    Sobre a escolha do novo secretariado, gostaria de esclarecer alguns detalhes que não foram expostos na reportagem. O Secretário de Governo, Francisco Nacelio da Silva, é graduado em direito, tem vasta experiência em gestão pública e é conhecedor das principais necessidades da população japeriense. Por estas características, o escolhi para ser responsável por uma pasta tão importante para o desenvolvimento de Japeri.

    Devo informar ainda que, ao contrário do que afirmam, não existe ‘supersecretário’. Neste momento, o secretário de Governo responde interinamente por algumas pastas, afinal, temos à nossa disposição muitos nomes capacitados para assumir os cargos, mas nossa análise é técnica e estão todos sendo avaliados criteriosamente. Em pouco tempo, os melhores quadros serão divulgados em cada pasta que hoje tem um gestor interino.
    Um exemplo a ser demonstrado é a importante pasta da Saúde. Assumirá o cargo de secretária uma médica renomada e com grande conhecimento de saúde pública. Ainda não assumiu simplesmente por problemas burocráticos que já estão sendo solucionados. Enquanto isso, a Secretaria não pode ficar sem um gestor, por isso há um interino. Importante ressaltar que não há acúmulo de salários por exercer tais funções.

    Sobre minha irmã, Caroline Ontiveros, devo informar que é professora, militante e conhecedora dos desafios a serem vencidos na área da Educação. Além disso, toda estrutura da Secretaria é formada por profissionais qualificados e conhecedores das metas a serem alcançadas. Tenho certeza de que ela fará um grande trabalho à frente da pasta.
    Outra verdade que precisa ser esclarecida é sobre o Procurador-Geral e a Diretora da Previ-Japeri. Os dois profissionais (Jorge Azevedo Viana Dória e Maria Lúcia Azevedo) são advogados e capacitados para assumirem as respectivas Pastas.

    Já sobre o secretário de Segurança e Ordem Urbana, Jorge Dantas, informamos que o mesmo é concursado na Área de Seguranca Pública, atuando como Guarda Portuário, além de possuir especialização em Segurança Pública, sendo, portanto, capacitado para tal cargo.
    Sobre Rogério Santa’nna, secretário de Assistência Social, informamos que este já atuou durante anos como gestor da Pasta em outro município e ainda em órgãos estaduais de Assistência Social como Fundação Leão XIII e Fundação Estadual para Infância e Adolescência.

    Sobre o processo que responde, não é sobre desvio de dinheiro público ou qualquer ato semelhante. Como chefe da Pasta, na época, usou recursos para pagar funcionários como ASG’s, Assistentes Sociais e outros servidores. O Ministério Público Estadual entende que não deveria fazê-lo e abriu processo que ainda não foi tramitado e nem julgado. Cabe ressaltar que esta aplicação de recursos foi aprovada pelo Conselho Municipal de Assistência Social, além da aprovação de prestação de Contas do Estado.
    Ou seja, não há nenhuma condenação, nem outro impedimento legal referente à sua nomeação.

    Durmo tranquila e reafirmo aos munícipes que qualquer funcionário público (seja gestor ou não) precisa produzir para o bem do município. Não há ninguém garantido se não houver produtividade, resultados e aprovação da população, que, na verdade, é quem avalia os serviços. Fiquem cientes que, além da Câmara, a prefeita eleita pelo povo de Japeri, vai cobrar diariamente de cada um dos servidores.


    Sigo ao lado do povo. Um grande abraço!




    Hoje em Japeri
    Open chat