booked.net


A cobertura da Festa de Japeri é um oferecimento de:









Publicado em 12/01/2018

Professor de Japeri ganha prêmio e vai para Londres



Emerson de Souza Queiroz, professor de matemática da rede municipal de educação de Japeri, viaja no próximo sábado, dia 13, para a cidade de Londres, na Inglaterra, para conhecer o sistema de educação europeu e visitar escolas e museus.


O professor foi contemplado com a viagem graças ao segundo lugar no Prêmio Shell de Educação Cientifica 2017, na categoria Ensino Fundamental II. O projeto vencedor, que recebeu o nome de “Uma tacada de mestre: facilitando o ensino da Matemática” utilizou a brincadeira de rua conhecida como “Taco na lata” para ensinar função do 2º grau. Música e tecnologia foram algumas das ferramentas empregadas para facilitar a aprendizagem dos alunos.

“Quero conhecer como é ensinada a educação e principalmente a matemática na Inglaterra, que é uma das melhores do mundo e trocar experiências com nossos alunos e professores de Japeri, onde trabalho há 11 anos. Vamos desenvolver projetos, realizar palestras e ajudar na introdução desta metodologia. Serão sete dias de aprendizado”, contou o professor.  

Na rede de ensino de Japeri as iniciativas de Emerson são conhecidas. Um dos projetos desenvolvidos pelo professor é o “Prepara Japeri”, que capacita alunos do nono ano do Ensino Fundamental para concursos públicos. Graças a iniciativa 36 estudantes ​foram aprovados para cursar o ensino médio em escolas técnicas federais e estaduais. Instrumentos musicais, jogos e brincadeiras são ferramentas utilizadas para tornar as aulas de matemática mais divertidas e interessantes.

Emocionado, Emerson contou sobre a época em que estudava em escola pública. “Estudei minha vida toda em escola pública, trabalhei de servente de obras, vendi goiaba na porta de casa e nunca tive oportunidades, mas vi que poderia mudar tudo com a educação. Eu acredito que a educação transforma a vida das pessoas”, lembrou. 

O Prêmio Shell de Educação Científica  é o reconhecemos ao trabalho de professores que pensam diferente e transformam a sala de aula em ambientes inovadores e criativos, incentivando o interesse de alunos pelo conhecimento científico. Podem participar professores de Biologia, Física, Química ou Matemática da rede pública do Rio de Janeiro e Espírito Santo. 




Últimas Notícias



Fique ligado!