booked.net


A cobertura da Festa de Japeri é um oferecimento de:









Publicado em 26/10/2015

Veja as dicas para fazer um bom currículo



O currículo é a sua carta de apresentação para o empregador. Imagine se você está no Facebook paquerando alguém e ao marcar o encontro descobre que aquela pessoa maravilhosa na rede social não é nada daquilo que você pensava?

É isso que acontece com currículos que apresentam informações que não são verdadeiras.

Para fazer um currículo bacana veja as principais dicas.

Neste currículo você deve colocar suas informações pessoais como: Endereço, Telefones (mais de um de preferência – seu, tia, tio – o importante é você ser achado!), Sua idade e Não coloque foto, CPF, nem identidade. Essas informações só serão necessárias caso você seja contratado.

Na parte da escolaridade você deve colocar a última escola que você frequentou, ou seja, a sua formação. Informe o Curso que você fez (Ensino Médio completo, por exemplo). Se você tiver cursos técnicos coloque apenas aqueles que servirão para o trabalho que você está se candidatando.

Nessa parte coloque o tipo de curso e as principais habilidades aprendidas nele. Não precisa colocar o nome do curso, a não ser que esta seja uma  instituição renomada, porém para o empregador o que importa é você saber fazer a função, onde você aprendeu não servirá em nada para a empresa.

Sobre os cursos você também precisa entender que ele deverá ser informado dentro da sua realidade. Se você fez um curso de informática, mas só sabe usar o Facebook e não tem a mínima noção de como usar um e-mail, esse seu curso não te serviu para muita coisa.

Outro ponto importante são os cursos de idiomas. Cuidado ao informar que você tem curso básico de Inglês, por exemplo. Para uma empresa ter um funcionário que saiba Inglês básico é este colaborador conseguir ler uma informação e entender e responder a perguntas básicas. Se você vão consegue fazer isso não coloque nada.

Outra dica importante é você mencionar num campo chamado “outras informações” algumas atividades que você tenha habilidade e que possa servir no dia a dia da empresa que você quer entrar. Por exemplo, se na sua igreja você organiza eventos ou se trabalhou na organização de inscrição de novos membros, essas são informações interessantes para o seu futuro chefe saber.

Para finalizar o seu currículo mencione os seus perfis do Facebook e de outras rede sociais. Isso pode parecer ruim, mas de qualquer forma o seu empregador vai entrar lá para saber quem é você e o que você faz. Aí vem a questão! Revise o que você escreve e o que você curte e compartilha nas redes. Além de revisar as suas fotos. Nenhum empregador vai querer contratar um funcionário homofóbico, machista, exibicionista, baladeiro, fumante, racista etc, você pode até ser, mas ninguém precisa saber. Pense que uma empresa quer contratar uma  SOLUÇÃO e não um PROBLEMA.

Agora prepare seu currículo e boa sorte!




Últimas Notícias



Fique ligado!