booked.net



Publicado em 19/10/2015

Concursos somam 4.783 oportunidades no Rio



Candidatos têm até novembro para se inscrever em certames, que oferecem salários que vão de R$ 788, para Ensino Médio, a R$ 21.149,56 para Superior
Rio – Com inscrições abertas na última semana, mais quatro oportunidades somam o quadro de concursos com inscrições abertas para o Rio de Janeiro. São elas, a Câmara de Porciúncula, com cinco vagas de todos os níveis de escolaridade e salários de até R$ 1.100; Técnicos Universitários na Uerj, com 26 vagas de Nível Superior com remunerações de R$ 2.600 a R$ 4.800, e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), com cinco vagas e salários de até R$ 3.666,54.

Além disso, até hoje a Secretaria Municipal de Saúde do Rio recebe inscrições para o preenchimento de 15 vagas para Médicos com salário base de R$ 6.286,32. Com esses certames, o Rio soma, atualmente, 4.783 oportunidades em concursos públicos.

Candidatos ao serviço público têm mais de 2 mil oportunidades Bastante comentado entre os concurseiros e também com inscrições abertas, a Secretaria de Fazenda de Niterói oferece 94 vagas distribuídas ente os níveis Médio e Superior com salários que chegam a R$ 21.149,56.

Também em aberto, seguem os certames para a RioSaúde com 147 vagas de nível Médio e Superior, com salários de até R$ 3.500. Seguido das Câmaras de Santo Antônio de Pádua, com 14 vagas para todas os níveis de escolaridade e Salários de até R$ 1.100 e a Câmara de Silva Jardim, com 138 vagas de todos os níveis, com Salários e até R$ 2.100.

A prefeitura de Nova Friburgo também continua com inscrições abertas para o certame que oferece 868 vagas de todos os níveis com remuneração de até R$ 3 mil. E até o dia 15 de novembro, seguem em aberto as inscrições para o IFRJ e para a ANS (temporário), a primeira com oportunidades para todos os níveis e salários de R$ 2.112,04 a R$ 4.039,54 e a segunda somente para Nível Superior com remuneração de até R$ 6.130.

IBGE

Cada vez mais próximo da publicação do edital que vai selecionar 600 candidatos para o concurso do IBGE para os cargos de Técnico, Analista e Tecnologista, o professor Adriano Vieira,do Universo do Concurso, dá algumas dicas para se preparar para o exame.

As questões de Língua Portuguesa representam, em média, 40% ou 50% do total da prova, ou seja, Português é fundamental para a aprovação. Analisando as últimas provas, identificamos poucas mudanças, por isso, é válido intensificar os estudos em acentuação gráfica, ortografia, pontuação, crase, conjunção, preposição e concordância.

Como ainda há tempo razoável para o exame, o ideal é fechar o conteúdo programático, fazer muitos exercícios, resolver as últimas provas e, principalmente, manter a concentração total.

‘Sucessão de certames pode desanimar’, Claudia Jones, jornalista do site Questões de Concursos
Quem se desesperou com as notícias sobre a suspensão de concursos pode começar a acreditar no que os especialistas (e eu me incluo nessa) vêm dizendo esse tempo todo: “Concursos não podem parar”.

E não podem mesmo. A máquina administrativa precisa rodar e rodar bem, afinal, é o interesse dos administrados que está em jogo. Nós, cidadãos, dependemos de uma administração em pleno funcionamento e é por meio dos servidores que construímos uma frente cada vez mais forte.

É claro, e não podemos ser hipócritas, que, às vezes, há um atraso de edital aqui, outro ali, uma suspensão repentina que desmorona a vida da gente, como nos casos concretos dos Correios e da Defensoria Pública da União (DPU), que, em pleno andamento de seu certame, teve o edital suspenso. Essa, há três meses com o processo seletivo paralisado, agora dá sinais de retomada do concurso. Eu sempre digo que, usar o tempo a seu favor ainda é a melhor arma do candidato para conquistar o que tanto deseja.

Se você olhar para o mercado de concursos vai verificar que, nesses últimos meses de tanta pressão psicológica, muitas vagas con foram abertas, e oportunidades surgiram diante de seus olhos. Talvez, não o que você tanto gostaria, aquele para o qual direcionou tanto esforço. Mas será que nenhuma dessas possibilidades em andamento podem ser aproveitadas por você, com todo o conhecimento que adquiriu ao longo do tempo, enquanto o seu tão sonhado concurso não divulga edital?

Tenho ouvido de alguns estudantes que a demora na publicação de um edital é ruim para quem vem se preparando há tempos. Mas, eu ainda sou abusada e lanço uma pergunta aqui: medo de que? De se esquecer de tudo o que estudou? Lamento, mas, se for isso, terá de rever seus conceitos, pois quem, de fato, está rumo ao sucesso, mantém, diariamente, a chama da esperança acesa. Não desanime. E bons estudos.

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2015-10-18/concursos-somam-4783-oportunidades-no-rio.html




Últimas Notícias



Fique ligado!