booked.net



Publicado em 24/06/2015

Gordura trans pode prejudicar a saúde emocional e a memória, diz estudo



Gordura trans, encontrada em lanches de redes fast food, por exemplo, podem afetar a saúde emocional. As informações são de um estudo americano divulgado pelo Daily Mail.

Os pesquisadores analisaram a dieta de cinco mil pessoas e avaliaram o estado emocional delas por meio de questionários. Eles constataram que os participantes que consumiam mais gordura trans tinham uma maior dificuldade de controlar o humor.

Esse tipo de ácido graxo pode afetar o humor ao aumentar a irritação. Além disso, gordura trans, muito encontrada em alimentos industrializados para melhorar o sabor, textura e prazo de validade, pode prejudicar a memória de homens até 45 anos. Essa é a conclusão de uma pesquisa da Universidade da Califórnia em San Diego, Estados Unidos, publicada na revista online Public Library of Science ONE.

 Foto: iStock / Getty Images

Foto: iStock / Getty Images

Os cientistas analisaram os hábitos alimentares de 1.018 homens e mulheres e fizeram testes de memória de palavras. Em média, os homens entre 20 e 45 anos foram capazes de lembrar 86 delas. Mas, para cada grama adicional de gordura trans que consumiam a cada dia, o desempenho foi reduzido em 0,76. Assim, podem recordar até menos 12 palavras se a ingestão chegasse aos níveis mais altos observados no estudo.

A tendência foi significativa apenas para os homens e a explicação é o número reduzido de mulheres participantes na mesma faixa etária. A associação também não foi vista nos mais idosos, possivelmente porque foi mascarada pelos efeitos da idade na memória. “Consumo de gordura trans mostrou previamente associações adversas no comportamento e humor, os outros pilares da função cerebral. Como eu digo aos pacientes, ao passo que a gordura trans aumenta a vida útil dos alimentos, ela reduz a vida útil de pessoas”, comentou a pesquisadora Beatrice Golomb ao jornal Daily Mail.

Vale acrescentar que, o governo dos Estados Unidos anunciou que o uso de gordura trans não é seguro e que os produtos com ela devem ser retirados do mercado do país em um prazo de três anos.

Fonte: saude.terra..com.br

 




Últimas Notícias



Fique ligado!