Governo decreta reabertura do comércio com restrições - Site Japeri Online
SETEMBRO AMARELO

Japeri

Participe do nosso grupo no
WhatsApp


Japeri
Japeri
Japeri
Japeri

Governo decreta reabertura do comércio com restrições


Em decreto publicado em edição extra do Diário Oficial na noite desta sexta-feira, o governador Wilson Witzel flexibiliza as medidas de isolamento social no estado do Rio já a partir deste sábado.

No texto, entre várias flexibilizações, está autorizado o funcionamento de shoppings centers e centro comerciais das 12h às 20h, com público máximo de 50%, além de outras restrições.

Também estão liberados com limitações restaurantes, bares, lanchonetes, pontos turísticos, cultos religiosos e jogos de futebol. Escolas, academias e atividades culturais, como cinemas e teatros, continuarão fechadas.

As regras para shoppings e centros comerciais:

  • Horário de funcionamento: exclusivamente entre 12h e 20h, até o limite de 50% de sua capacidade total;
  • Fornecimento de equipamentos de proteção individual e álcool em gel 70% a todos os empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviços;
  • Disponibilização na entrada e nos elevadores de álcool em gel 70%, ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar, a todos os clientes;
  • Entrada apenas de pessoas com máscaras, tanto clientes como funcionários;
  • Adoção de medidas para garantir o distanciamento mínimo de um metro entre cada cliente ou frequentador;
  • Ficam fechadas as áreas de recreação e lojas como brinquedotecas, de jogos eletrônicos, cinemas, teatros e congêneres;
  • Praça de alimentação só pode funcionar com 50% de lotação;
  • Proibido o uso de provadores pelos clientes;
  • Estacionamento só pode funcionar com limite de 50%;
  • O shopping precisa garantir a qualidade do ar dos ambientes climatizados, seguindo os protocolos de manutenção dos aparelhos e sistemas de climatização, realizando a troca dos filtros.

O que continua proibido até 21 de junho:

  • Aulas presenciais de instituições privadas ou estaduais, inclusive de faculdades;
  • Eventos e qualquer atividade com a presença de público;
  • Cinemas, teatros e outras atividades culturais em ambientes fechados;
  • Funcionamento de academias;
  • Permanência da população em praias, lagoas, rios e piscinas públicas;
  • Visitas às unidades prisionais.

O transporte ferroviário, por sua vez, deverá operar com apenas 50% da capacidade de circulação, bem como o metrô. A operação do ramal Guapimirim permanecerá suspensa.

Fonte: O Globo





Parceiros




  • Open chat