Trens do ramal Japeri terão intervalos alterados amanhã – Site Japeri Online

Participe do nosso grupo no
WhatsApp



Trens do ramal Japeri terão intervalos alterados amanhã


Ajustes operacionais em função da indisponibilidade parcial da frota dos trens chineses

Lamentamos informar que, para garantir a segurança da operação e atendendo à recomendação da fabricante CRRC (consórcio chinês), 40 trens chineses serão retirados de circulação a partir desta segunda-feira (18/11).

O motivo é que foram detectados problemas em série nas caixas de tração (engrenagem que transmite energia do motor para eixo e rodas), ainda em fase de garantia de fábrica.

Os trens chineses (2º lote) foram comprados pelo Estado do Rio de Janeiro e incluídos na operação da SuperVia entre 2014 e 2016. Em setembro de 2016, foram detectados problemas de projetos, em especial na caixa de tração (engrenagem que transmite energia do motor para eixo e rodas) e os responsáveis comunicados. Com isso, a chinesa CRRC iniciou o processo de análise técnica, identificando a necessidade de substituição do tipo de peça. Desde novembro de 2018, então, um recall foi feito pela fabricante até que em junho de 2019, em vistorias, novas falhas foram identificadas e a CRRC, então, suspendeu o retrabalho malsucedido até que encontre uma nova medida para solução.

Por estar ainda em período de garantia, a manutenção das referidas caixas de tração é responsabilidade do Consórcio CRRC, de acordo com contrato firmado entre os chineses e o Estado.

Quais serão os impactos na operação?

Com objetivo de garantir a continuidade da prestação do serviço com segurança e o mínimo de impactos possível, a SuperVia elaborou um plano de ação mediante à indisponibilidade parcial da frota.

Os ajustes serão:

Aumento dos intervalos nos ramais Santa Cruz e Japeri

Aumento dos intervalos no trecho entre Gramacho e Saracuruna

Algumas viagens do ramal Deodoro serão realizadas em trens de quatro carros

Além de acionar o plano de contingência junto ao Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro (COR) e Concessionárias de transporte, a SuperVia está reforçando o efetivo de apoio nas estações e ramais impactados, assim como nos canais de atendimento aos passageiros. A empresa espera uma solução rápida pelo fornecedor chinês, que permita que o serviço seja normalizado brevemente.

Fonte: Supervia





Parceiros






  • Open chat