Neste sábado, Japeri recebe o Ato Criador no Espaço Cultural Código - Site Japeri Online
SETEMBRO AMARELO

Japeri

Participe do nosso grupo no
WhatsApp


Japeri
Japeri
Japeri
Japeri


Neste sábado, Japeri recebe o Ato Criador no Espaço Cultural Código


No último dia 21/10, o Grupo Código completou 11 anos de existência e como parte da comemoração acontecerá o evento Ato Criador no Espaço Cultural Código.

O Ciclo Ato Criador – Outros Possíveis é a sexta edição de uma série de encontros que contam com a participação de teóricos, gestores e artistas brasileiros e de outras nacionalidades.

Para consolidar esses 10 anos, o Ciclo Ato Criador – Outros Possíveis, que acontece de setembro a dezembro de 2016, pretende abordar e colocar na centralidade do debate a “Criação de Possíveis” buscando apontar, a partir dos estudos, ações e práticas, diferentes saberes, olhares, mãos, expressões, imagens, e com isso lançar uma luz sobre a estética da existência de novos modos de criação de mundos e possíveis caminhos de transformação.

CONFIRA CRONOGRAMA DAS MESAS DE DEBATES.

Horário: 17h às 21h

Local: Espaço Cultural Código – Rua Davi, 397, Nova Belém, Japeri.

Mesa Cruzamentos do Teatro e Hip Hop

No dia 29 de outubro, sábado, será realizado um encontro especial vai celebrar o diálogo entre o movimento Hip Hop e o Teatro. A mesa Cruzamentos do Teatro e Hip Hop terá as participações da atriz e diretora paulistana Claudia Schapira, do produtor e ator Lino Rocca, do diretor Marco André Nunes, do rapper Dudu de Morro Agudo e a mediação do produtor cultural do Grupo Sócio Cultural Código, Jorge Braga.

O Grupo Código atua desde 2017 em Japeri, na Baixada Fluminense, e esse ano, no mês de novembro, o coletivo apresentará uma mostra de seu repertório no Teatro Glauce Rocha, equipamento da Funarte, no centro do Rio de Janeiro. As experiências teatrais que os convidados têm tanto no universo do movimento Hip Hop quanto no Teatro fazem toda diferença na produção de seus espetáculos.

Jorge Braga

Ator, produtor, professor, pesquisador, autor, membro da Cia. Código de Artes Cênicas e um dos fundadores do Grupo Código. Atuou nos espetáculos da Cia Código de Artes Cênicas: “O Código”, “Censura Livre”, “Do lado de cá”, “Inimigo do Povo”, “Sete Cabeças”, “A Caminho de Belém – a cidade que tudo tem” e “Naquele instante”, realizando também a direção de produção. Mestre em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (UERJ), Especialista em Produção Cultural (IFRJ), Tecnólogo em Produção Cultural (IFRJ) e Licenciado em Geografia (UFF). É professor concursado do Curso Técnico em Eventos da FAETEC Adolpho Bloch.

Lino Rocca

Diretor, ator e palhaço profissional fundador do Ceta – Centro Experimental de Teatro e Artes da Baixada Fluminense/RJ. Desde 2008, realiza “Rede Baixada em Cena” – Movimento e Mostra regional de Teatro associativo e cooperativo. Hoje, a Rede envolve cerca de 18 grupos teatrais em nove cidades da Baixada Fluminense se consolidando no maior evento de caráter regional de Teatro no Estado indo para sua oitava edição.

Marco André Nunes

Ator, diretor e professor de Teatro. Vencedor dos Prêmios Shell, Cesgranrio e APTR de melhor diretor em 2016, Marco André Nunes fundou a Aquela Cia em 2004, onde desenvolve uma linguagem cênica própria e pesquisa acerca do trabalho do ator. Destacam-se entre suas encenações mais recentes: Outside, um musical noir (2011, candidato a dois prêmios Shell e cinco APTR) Cara de Cavalo (2012, uma indicação ao Prêmio Shell e 3 ao Questão de Crítica), Porta da Frente (2013, vencedor do Prêmio Shell), Edypop (2013, 2 indicações ao prêmio Cesgranrio), Laio e Crísipo (2015) e Caranguejo Overdrive (2015, quatro indicações ao Prêmio Shell, seis ao APTR e quatro ao Cesgranrio).

Dudu de Morro Agudo

Rapper e Conselheiro Municipal de Cultura da cidade de Nova Iguaçu. Administra as organizações Instituto Enraizados e Cizane e é CEO da start up Hulle Brasil.

Claudia Schapira

Membro fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos (São Paulo SP), onde atua como diretora, dramaturga, atriz-MC e figurinista. Atriz formada pela Escola de Arte Dramática da USP, trabalhou com importantes nomes do teatro, como Ulisses Cruz, José Possi Neto, Cibele Forjaz, Luís Melo e Daniela Thomas; e do cinema, como Tata Amaral, Fabrizia Pinto e Fernando Meireles. Atualmente apresenta o evento DCC – dramaturgia concisa e contemporânea/encontro aleatório entre dramaturgos e atores. Ao longo de sua carreira foi premiada por seus textos (Prêmio “PANANCO/Coca-Cola” 2001, Prêmio “Cooperativa” 2008, Prêmio “FEMSA/Cola-Cola” 2009) e figurinos (Prêmio “Shell” 2005, Prêmio “Mambembe” 1995).





Parceiros




  • Open chat