Vereadores votam aumento de salários bem acima do razoável – Site Japeri Online

Participe do nosso grupo no
WhatsApp



Vereadores votam aumento de salários bem acima do razoável


O jornal Extra desta quarta, dia 27, publicou uma matéria sobre os reajustes dos salários do executivo e legislativo de Nilópolis e Japeri. Enquanto o prefeito de Nilópolis sugere o fim do pagamento de salários aos políticos, em Japeri o caminho foi outro.

Na sessão de terça, dia 26, a Câmara de Japeri aprovou – por 8 a 1 – um reajuste de 87% nos vencimentos dos cargos de primeiro escalão do executivo (prefeito, vice e secretários) e dos vereadores. Assim, um vereador passaria a receber cerca de 10 mil reais, o mesmo velendo para os secretários  municipais. Já o prefeito receberia cerca de 23 mil reais.

Segundo a reportagem, o prefeito Timor se manifestou contrário ao projeto informando que o projeto partiu da própria câmara sem que a prefeitura fosse consultada e promete vetá-lo por acreditar que o aumento é inconstitucional. Apesar disso, a Câmara tem o poder de derrubar o veto e aprovar a lei mesmo sendo considerada abusiva.

A reportagem do JOL entrou em contato com o vereador Helder Pedro que votou contra o projeto de lei.”É um absurdo votar um aumento desse num momento de crise. Se for reeleito, vou devolver a diferença para o município ou doar para uma instituição de caridade.”, disse o vereador Helder.

Outro vereador procurado foi Álvaro Carvalho que não esteve presente na sessão que votou a questão. “Eu não estive na sessão e não estava ciente desta pauta. Mas esse reajuste é feito de 4 em 4 anos e nunca para o mesmo mandato e sim para o mandato seguinte. Sendo assim passando a vigorar em 2017. Inclusive, na legislatura anterior, teríamos este aumento e votamos para que o mesmo não acontecesse. Mas tem outro ponto a analisar: neste projeto não poderíamos dar aumento para os secretários e os percentuais acredito estarem equivocados, por isso pedirei vista no processo.”, disse o vereador.

Tentamos o contato com um dos vereadores que votaram a favor, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

O prefeito Timor enviou uma nota através de sua assessoria comentando o fato. “Estamos num momento muito difícil no país. De acordo com os veículos de imprensa, 63% dos municípios do país não conseguem pagar a folha do funcionalismo público municipal. Japeri nunca atrasou o pagamento dos nossos funcionários públicos, pagamentos regiamente em dia e até antecipamos a parcela do 13º salários de nossos funcionários. […] Considero o aumento aprovado pela câmara de vereadores abusivo, foi votado a revelia do poder executivo, sem um prévio estudo de impacto de viabilidade financeira. Vou vetar este aumento.”, disse o prefeito Timor.

Foto: Reprodução Jornal Extra





Parceiros






  • Open chat